quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Derramaro o Gái Luiz Gonzaga


E o forró seguia a noite inteira, sem parar. 
Forró dos bons, forró em casa de família, sem bagunça.  
Sómente alegria, os convidados não arredavam o pé dali, afinal andaram kms para marcar presença na casa do dono da casa. 
Uns vieram de carro, outros a cavalo, outros a pé e a festa virava de noite a dentro até de manhã com o sol no meio do céu e quem sabe dançando também porque só quem gosta de forró sabe que o ritmo é contagiante. 
E pra completar, o sanfoneiro convidado também era dos bons, não largava a sanfona. 

Derramaro o Gái

Luiz Gonzaga


Nenhum comentário: